Diário de Houston 2017

Dia 31 de outubro de 2017 começava minha aventura para Houston! Foram dias incríveis que passei por lá que deixaram saudade e muita lembrança boa!

Comecei a me programar para essa viagem alguns meses antes, e foram muitas e muitas pesquisas para conseguir planejar da melhor maneira possível a minha viagem. Afinal, Houston é uma cidade imensa, a quarta maior cidade dos EUA, e tem muita coisa para conhecer. Além disso, há várias cidades vizinhas que são bem perto, que vale a pena a visita.

Mas o tempo não era muito para conhecer tudo que há por lá, então decidi escolher os pontos turísticos mais turísticos para conhecer e aproveitar!

DIA 1

Cheguei em Houston dia 1 de Novembro às 14:30 da tarde. Peguei o carro que aluguei, no aeroporto mesmo, e segui para o shopping The Galleria, no bairro Galleria. Do aeroporto até o shopping, é uma mini viagem. Tudo em Houston é longe, a cidade é muito espalhada, e naquele momento eu agradeci a mim mesma por ter alugado o carro!

O shopping é imenso, mas os preços não são nada atraentes. É um shopping de luxo, por lá você encontra várias marcas como Versace, Prada, Armani, mas achei os preços bem altos. Bem pertinho dali tem a Waterwall, uma parede de água, linda de viver, que vale a pena a visita. Há dois quarteirões do shopping você chega a uma praça, e dá de cara com a Waterwall.

 

Shopping The Galleria
Waterwall
Waterwall
Waterwall

Nos arredores do The Galleria tem muita loja bacana para explorar: Ross, Marshalls, Old Navy, Carter’s, farmácia Wallgreens, e se tiver disposição, vale a pena explorar o bairro de carro para apreciar as casas lindíssimas escondidinhas no meio dos prédios gigantes que a gente vê por lá!

Finalizei meu dia jantando no Shake Shark, que eu super recomendo! Sanduba delicioso!

DIA 2

Primeiro dia do festival, eu acordei super animada! Nesse dia peguei um Uber para economizar o estacionamento. Por lá, os estacionamentos são caros, e para estacionar na rua, você paga o parquímetro e só tem direito a 3h. Passada as 3h, tem que tirar o carro e achar uma outra vaga. Então, já que eu ia passar o dia todo por lá, achei o Uber o  melhor negócio daquele dia!

Cheguei às 7h da manhã. Houston amanhece muito tarde, ainda estava escuro, então, resolvi tomar um café da manhã no Starbuck’s dentro do hotel Hilton.

O festival só começava às 10h da manhã, então resolvi conhecer o centro, que é lindíssimo e vale muito uma pernada por lá! Bem em frente o George R. Brown Convention Center, lugar que aconteceu o festival, tem um parque lindo, o Discovery Green! Cheio de obras de arte, e no meio dos skylines de Houston, esse parque foi o meu preferido! É muito lindo, e achei uma delícia sentar ali e curtir o momento!

Parque Discovery Green

 

Parque Discovery Green
Parque Discovery Green
Parque Discovery Green
George R. Brown Convention Center
George R. Brown Convention Center

De lá, comecei a explorar o centro, andar pelas ruas, até chegar na Main Street, a rua principal, que também é linda! Achei um Market por lá que vende de tudo e o item mais caro da loja é U$1,49. Passei um bom tempinho garimpando achados!

Main Street
Main Street

Em Houston, não se vê muita gente andando nas ruas, porque os prédios são conectados por passarelas e por túneis subterrâneos. Nos túneis você encontra lojas e até praças de alimentação. A gente estranha um pouco, mas depois acostuma!

Parti para o festival e passei o dia inteiro andando e vendo quilts lindíssimos! O festival é incrível, com muito trabalho digno do título obra de arte, com artistas incríveis!! Muita coisa linda para ver, muita técnica para aprender, e muita gente para trocar ideias, inspirações e aprendizado! Eu fiz um vídeo contando um pouco dos detalhes do festival. Vem ver aqui.

Saí de lá já de noite e muito cansada. As perninhas não aguentavam mais andar! Fui direto descansar para aproveitar o dia seguinte!

DIA 3

Como já tinha andado bastante no festival, mas ainda não consegui ver tudo no dia anterior, resolvi passar a manhã no Hermann Park, outro parque lindíssimo e gigante!! Por lá tinham várias atrações que eu queria conhecer, então aproveitei para fazer tudo de uma vez!

O Hermann Park é um parque que vale a visita. É gigante, tem um teatro bem no meio, onde acontecem vários shows e teatros, e é nele que está o zoológico de Houston e o jardim japonês.

Jardim Japonês no Hermann Park
Hermann Park
Hermann Park

Adorei o zoológico, achei bem bacana, tem muitos bichos diferentes, e ele me proporcionou realizar meu sonho que era ver um flamingo de pertinho! Também amei ver os esquilos que andam livres pelo parque, queria muito um pra mim! Eles são muito fofos e ficam saltitando de um lado para o outro!

O jardim japonês também é lindo, super minimalista, pena que não era primavera, acredito que na primavera deve ser mais lindo ainda!

Bem ao lado do Hermann Park está o Museum of Nature Science, um museu lindo de viver que eu amei a visita! Por lá você conhece a parte dos dinossauros, dos animais selvagens e as duas partes que mais amei do museu, a das pedras preciosas e o borboletário! Na parte das pedras preciosas, você vê como elas são encontradas nas rochas. Achei incrível e muito lindo! É fascinante pensar como nosso planeta é rico e como a natureza é bela em nos oferecer essas pedras preciosas!

Houston Museum of Nature Science
Houston Museum of Nature Science
Houston Museum of Nature Science
Houston Museum of Nature Science

O borboletário é uma atração a parte que vale muito pagar a mais para conhecer! Você entra em uma estufa que simula a floresta, com direito até a cachoeira, e lá dentro é cheio de borboletas voando e pousando em você! É lindo!!! E você pode ficar ali andando, contemplando as borboletas e as plantas lindas que tem por lá!

Houston Museum of Nature Science – Borboletário
Houston Museum of Nature Science – Borboletário

Bem em frente ao museu tem o Mc Governn Centennial Garden, outro jardim lindo, mas que por cansaço pleno das pernas, não consegui andar por ele.

Almocei no parque mesmo, em um café delícia bem em frente ao lago, e de lá segui para o festival.

Foi mais uma tarde de muita caminhada, que me rendeu boas conversas e um encontro delícia com a querida Márcia Baraldi, que estava expondo lá! Fiquei muito feliz em ter essa oportunidade de conversar com ela e trocar algumas ideias!

DIA 4

Parada obrigatória em uma viagem aos EUA é um outlet! E eu reservei esse dia para passar o dia inteiro fazendo compras! Fui ao Premium Outlet, que fica em Cypress, cidade vizinha de Houston, a aproximadamente 35km.

O outlet é enorme e conta com várias marcas famosas, e muitas marcas de esporte (adoro!), Adidas, Reebook, New Balance, Nike, Puma e Asics você encontra por lá! Houston é uma cidade cheia de shoppings e outlets, opção de locais para compras não faltam. Eu mesma fiquei bem na dúvida de qual ir, mas me falaram que o Premium sempre tem o melhor preço, então como meu tempo era curto, decidi por ele! Mas se você for a Houston com mais tempo, acho que vale a pena conhecer os outros outlets!

Dia de compras vocês já sabem como é, andar muito, carregar peso e final do dia desejar apenas um chuveiro e uma cama! Assim foi comigo!

DIA 5

Foi o dia do passeio mais esperado, a NASA! E confesso minha gente, foi demais!! Conhecer a NASA é uma experiência que todo ser humano precisa ter na vida! O lugar é enorme, e ver de pertinho todo aquele universo que a gente só ouve falar ou só vê na televisão, é emocionante!

Tudo é gigante, enorme, de uma maneira que a gente não imagina! Eu fiz o passeio, lá dentro, de conhecer o local que os astronautas se preparam para ir ao espaço. É um galpão enorme, com uma base espacial montada para eles praticarem e se prepararem para a vida espacial! É surreal, tudo muito grande, muita coisa, e até aquele “carrinho” que foi pra Marte estava lá!

Centro de Treinamento dos Astronautas

Na volta desse passeio, passeamos pelo campus da NASA, que é gigantesco, para conhecer os outros departamentos, o local de memórias e lembranças dos astronautas que já faleceram em missão, ou não, e para fechar com chave de ouro, o passeio encerra em um galpão que lá dentro reside a nave Apollo,  famosa por suas missões à lua. Eu não sei expressar em uma palavra o tamanho da nave! É gigantesca, de uma forma que a gente não chega nem perto de imaginar!

Apollo
Apollo

Foi emocionante ver de pertinho e até poder tocar em uma nave tão famosa! Essa parte do passeio é a cereja do bolo, e ninguém espera por isso. Quando entramos no galpão as reações das pessoas foram incríveis, alguns até gritavam de susto com o tamanho da nave! Foi uma experiência maravilhosa que eu recomendo de olhos fechados para todo mundo, desde crianças até idosos!

Saí da NASA já na hora do almoço e fui direto para Kemah Boardwalk. Kemah é uma cidadezinha no litoral, e por lá tem um píer com um parque de diversões em cima dele! É um lugar lindo, com vários restaurantes deliciosos e lojinhas vendendo de tudo! Eu almoçei no Landry’s, um restaurante ao ladinho do parque, com mesinhas na área externa de frente pro mar. Comida deliciosa e visual fantástico!

Claro que depois de almoçar fui correndo pro parque libertar minha criança, e a primeira parada foi a roda gigante para apreciar a vista do mar. Não queria mas sair de lá!

Amei Kemah! Lugar lindo que vale a pena a visita! Queria ter tido mais tempo para explorar mais a região!

DIA 6

Último dia em Houston, e como eu estava de carro, consegui adiantar muita coisa. Antes de viajar, não estava em meus planos alugar um carro. Mas comecei a pesquisar, a analisar a cidade pelo google maps, e as informações que tive é que o transporte público era precário e como a cidade é muito grande e espalhada, tudo é longe. Então, no último dia antes de pegar o vôo, decidi alugar um carro, e foi a melhor decisão da vida! Realmente o transporte é ruim, e como tudo é longe, você gasta muito tempo esperando e circulando de ônibus.

Mesmo com o trânsito de lá (que lá tem sim, e muito!), andar de carro é bem mais rápido que andar de ônibus. O metrô de lá é apenas no centro, então não resolve muito! E com o carro eu consegui passear muito mais que eu havia planejado e até adiantei vários passeios. Então, no último dia eu não tinha nada planejado, e foi ótimo, porque eu aproveitei para dar uma rodada em algumas lojas que eu ainda não tinha conhecido e outras que eu queria voltar. O dia então foi de mais compras e uma visitinha rápida ao aquário que eu achei legal, mas dispensável. E pra encerrar com chave de ouro eu comi um cheesecake no Cheesecake Factory, que pra quem não conhece é o lugar que vende o cheesecake mais delicioso desse planeta!

Cheesecake de bolacha Oreo – Cheesecake Factory

Cheguei mais cedo para arrumar a mala, que foi um evento! Fiquei até 23h da noite arrumando mala, pesando, mas no final deu tudo certo, e eu consegui organizar tudo sem exceder o limite de peso!

DIA 7

Dia 7 peguei o vôo para Fort Lauderdale e fiquei uma noite lá. Como o tempo era curto, peguei um Uber para Miami Beach e fiquei por lá passeando.

Adorei Miami Beach, mas confesso que esperava mais do lugar. Conheço alguns lugares do Brasil que dão de mil a zero no quesito praia em Miami!

Mas a orla é bonita, gostosa para pedalar e correr, ao estilo tradicional de ser, com muitos restaurantes e lojas a beira mar.

DIA 8

Dia de pegar o vôo para o Brasil, mas como era só à noite, fiz um passeio incrível de barco em Fort Lauderdale. Lá é considerado a Veneza dos EUA. A cidade é inteirinha cortada por canais, e é onde os ricos e famosos têm suas mansões.

Esse passeio nos levou por dentro dos canais, para conhecer as mansões, o centro de Fort Lauderdale e o porto Everglade. Cada mansão mais linda que a outra, e o centro da cidade é lindo, cheio de pontes elevadiças e de lugarzinhos charmosos! E nesses canais, você via de pertinho aqueles iates gigantescos de milhões de dólares que você acha que só existe em filme!

O porto é lindo, e eu tive a sorte de ver três navios enormes ancorados. Entre eles o Crown Princess, enorme!! Eu AMEI Fort Lauderdale, achei a cidade lindíssima e gostaria de ter tido mais tempo e um carro para explorar melhor!

Resumo da Viagem

A viagem foi inesquecível e ter essa experiência de viajar sozinha foi fantástico! Amei muito e quero fazer isso sempre!

Amei a experiência de dirigir lá, e acho que foi a melhor decisão que tomei! Quero fazer isso em todo lugar que eu for! A gente consegue sentir mais o clima da cidade e conhecer muito mais também!

Eu aluguei um quarto em uma casa em Houston e em Fort Lauderdale, pelo Airbnb, e também amei a experiência. Confesso que antes de chegar estava bem ansiosa, mas ter contato com as pessoas que moram lá e sentir um pouquinho da rotina deles foi super enriquecedor também! Fiquei satisfeita com os quartos que fiquei, super limpos e arrumados e com excelente localização!

Para conhecer as atrações eu optei pelo City Pass, e recomendo! Economizei 48 dólares!

8 dias é um tanto bom, mas recomendo uns 15 dias para conhecer Houston. Não conheci nem metade do que a cidade oferece. Tem muitas atrações, muitos lugares próximos, como a ilha de Galveston que parece ser lindíssima, que eu não consegui conhecer.

Os Houstonians são bem amigáveis e muito prestativos! Houston entrou pra minha lista de lugares que eu voltaria com certeza!